RUI COSTA PEDALOU COM CICLISTAS DO LUDENS

alt Rui Costa esteve uma vez mais na Região, a gozar um curto período de
férias, terminada que está a época de 2011 do ciclismo internacional, que foi de gratas recordações para o atleta da Póvoa de Varzim.

No passado domingo, Rui Costa disponibilizou-se para um treino com os ciclistas madeirenses, comitiva que incluiu 9 atletas do Ludens Clube de Machico, das modalidades de ciclismo e triatlo. O treino foi constituido
por uma fase inicial a ritmo de passeio, acessível a todos os participantes, realizada na estrada Monumental, iniciando-se depois a subida por São Gonçalo até à Cancela.

Após a passagem pelas Neves, o percurso previa a subida para o Caminho dos Pretos, Terreiro da Luta, passagem pelo Monte e descida para o Funchal, no entanto, as difíceis condições atmosféricas que se fizeram sentir nesse dia (alguma chuva e muito vento), obrigaram a que o regresso ao centro do Funchal fosse antecipado.

As condições de tempo bastante instáveis impediram uma maior participação dos adeptos regionais do ciclismo. Apesar disso, foram cerca
de 40 os que responderam ao convite, oriundos dos vários grupos de cicloturismo da Madeira, bem como atletas federados das modalidades de ciclismo e de triatlo. Ao contrário daquilo que é habitual, o prestigiado ciclista fez-se acompanhar por uma bicicleta de BTT, não
deixando, apesar disso, de dar uma pequena demonstração da sua real capacidade, ao impor um ritmo que apenas outros 3 ciclistas regionais conseguiram acompanhar em bicicletas de estrada (onde se incluiu o atleta do Ludens Paulo Freitas).

No final do treino, Rui Costa teve a amabilidade de oferecer aos vários ciclistas regionais com algumas recordações, demonstrando uma vez mais a sua humildade e simpatia, e contribuindo para alargar cada vez o leque de fãs que possui na Madeira.

Em troca, o Ludens Clube de Machico ofereceu ao campeão português uma camisola de ciclismo da equi
pa LMC/Manuel Canada Construções.

Para a temporada de 2012, o ciclista português manter-se-á na equipa espanhola da Movistar, que decidiu apostar na contratação de Alexandro Valverde para seu novo chefe-de-fila. Depois da época de grande nível de Rui Costa em 2011, com várias vitórias importantes (conquistou a única vitória da equipa no Tour), será curioso observar quais as competições em que a equipa espanhola irá lançar Rui Costa. Face ao estatutoconquistado durante a presente temporada, poderá não existir interesse em
“queimar” o talento do ciclista português apenas para trabalhar para Valverde no Tour. Nesse caso, Rui Costa poderá ser poupado na Volta à
França e surgir como aposta da Movistar na Volta à Espanha, tentando alcançar vitórias para a equipa nalguma das etapas.

Fotos: (clique aqui)


Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin