Ponta Delgada foi triatlo apenas para os mais jovens

altO fim-de-semana de competição na Ponta Delgada saldou-se por mais uma prova perdida no calendário regional, face à incapacidade que vem sendo demonstrada pela Associação Regional de Triatlo da Madeira. Depois do sucedido com o cancelamento do Aquabike do Porto Moniz, neste domingo estava prevista a realização do “I Triatlo de São Vicente – Ponta Delgada 2012”, mas na verdade essa prova teve lugar apenas para os escalões mais jovens (benjamins, infantis e iniciados), que realizaram o segmento de natação na piscina do complexo balnear da Ponta Delgada.

Para os atletas dos escalões juvenil e superiores, estava previsto um triatlo super-sprint, que não foi possível realizar, uma vez que a organização esqueceu-se de estudar a maré na hora da prova, ignorando por completo as muitas limitações daquele local para a realização duma prova desta natureza. Os atletas ainda tentaram entrar na água para realizar o aquecimento, mas ainda antes de ser dada a partida, os ferimentos já eram vários, tendo diversos clubes optado por retirar os seus atletas da água. Face à falta de planeamento da organização, e consequente impossibilidade de realização da prova, foi proposta a realização dum Duatlo em substituição do Triatlo, sendo o Director da prova incapaz de esclarecer se o mesmo iria ou não ser pontuável para o campeonato e rankings regionais de 2012. 

Face a este caricato cenário, o Ludens Clube de Machico optou por retirar os seus atletas da competição, rentabilizando a deslocação à costa norte da ilha através da realização dum treino de ciclismo com os seus atletas. Na prova principal marcaram presença apenas um número mínimo de atletas (3 masculinos) por forma a assegurar a pontuação colectiva da equipa, caso esta prova venha a ser pontuada. Carlos Nóbrega viria a ser o vencedor absoluto, Diogo Nóbrega o vencedor do escalão juvenil (6º absoluto) e Pedro Pereira viria a atingir o 4º lugar entre os juvenis. Dos cerca de 60 atletas inscritos no Triatlo, participaram no Duatlo apenas 20 atletas de entre todos os clubes.

No Triatlo Jovem, a nota negativa ficou marcada pela dificuldade do percurso, nada adequado a estas idades de formação, levando a que muitos atletas tivessem de desmontar no segmento de ciclismo, e passassem por grandes dificuldades na corrida. Nos benjamins femininos, Madalena Castro, Luísa Catanho, Leonor Catanho, Oriana Furtado e Vitória Góis foram 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 9ª classificadas, respectivamente. Nos masculinos, João Marote e Nilton Freitas dominaram uma vez mais a competição. Nos infantis, Luna Freitas foi 3ª classificada e Inês Pereira 7ª. Em masculinos, Afonso Gouveia atingiu o 5º lugar. No escalão de iniciados, Lisandra Alves venceu uma vez mais e Humberto Marote foi 7º classificado.

A próxima competição regional será o Duatlo de Santana, no dia 02 de Junho, prevista para a zona balnear do Faial.

Resultados:(clique aqui)

Fotos Oficiais – Pedro Medeiros (clique aqui)

Fotos Oficiais – Cristina Quaresma: (clique aqui)


Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin